May 23, 2017

Manhãs em casa

São as melhores!

>>>>> Nossas manhãs <<<<

May 15, 2017

Apresentação do dia das mães: clique aqui!

20170511_191058

May 15, 2017

Quando você atravessa a ponte…

18342628_1972035112822198_1511970162442694035_n

Você sabe que virou adulto quando começa a achar que isso aqui é paisagem.
Duas da manhã. Termino meu terceiro turno sem decidir se é menos mal eu dormir 4 horinhas e morrer pra levantar ou virar a noite de vez. E, talvez pelo apelo comercial do momento, só consigo pensar em duas coisas:
1) Mãe, como você se cansou nessa vida;
2) Como eu fui uma adolescente, tantas vezes, inútil e folgada.
Nem adianta eu tentar convencer, nessas poucas, linhas os “jovens” (me sinto uma Matusalém falando isso) de hoje a se esforçarem mais, darem uma mãozinha, desconectarem um pouco de celular e Netflix e fazer algo em casa. Tem vendas que só caem de nossos olhos com a maturidade e outras, ainda, apenas quando o jogo vira e passamos a ser aquela persona que antes só observávamos… Agora a mãe sou eu. A dona de casa sou eu. A funcionária, esposa… sou eu. Lembrei agora uma expressão que usei muito e deveria ter levado umas porradas por isso: “-TUDO EU!” (Sim, em caixa alta, pois o drama era grande).Não sei qual era minha dimensão de “tudo” aos quatorze anos mas hoje percebo o equívoco. .. Era tudo ela, em todo tempo. E, dezenove anos depois, posso pedir com sinceridade: – Desculpa, mãe! Pela louça tantas vezes não lavada, pela vassoura que carregava suas digitais e não as minhas… Pelas roupas que apareciam misteriosamente lavadas e passadas no meu guarda roupa. Desculpa ter feito vista grossa pro seu cansaço e não ter me importado o suficiente. Agora eu estou do lado de cá e sei o quanto foi difícil. Foi difícil levantar os tijolos que formaram a parede física da nossa casa e foi difícil ser coluna de um lar. E você fez isso da melhor forma que pode por nós…
Obrigada! Amo você!

May 15, 2017

Fim de semana no parque :)

Clique aqui para abrir as fotos 🙂

20170513_171610

March 23, 2017

Primeira vez no cinema

 

Considerações sobre a primeira vez do Be no cinema pra ver A Bela e a Fera:

“- Filho, gostou do cinema?
– Gostei!
– E que filme nós vimos?
– Aquele do dinossauro.”

Be cine

Cine

 

February 3, 2017

Primeiro dia de aula

Fim de janeiro, início da vida escolar do nosso caçula e retorno do mais velho. Pensei que estaria vacinada contra as dores da adaptação…. Ledo engano! No primeiro dia houve lágrimas, mais minhas do que deles. Não há treinamento para superar as distancias dos nossos filhos durante a vida. A cada período de separação, por mais breve que seja, parece que cortam novamente nosso cordão umbilical.
Já conheço a maioria dos profissionais da escola dos nossos pequenos, mas talvez iniciem com uma professora nova e o que eu gostaria que ela soubesse? Primeiramente, que sou grata por ela ter escolhido essa profissão, ou “promissão”, como brincam as pessoas da área. Como estudante, sinto na pele que a pedagogia não tem o mesmo prestigio das outras “ias” da vida: engenharia, advocacia…, mas ela que forma engenheiros do conhecimento em sua primeira fase, que os ensina a advogar pequenas causas, por exemplo, mediação de conflitos causados por um brinquedo favorito. É a professora que observa e intervêm, se necessário, o relacionamento dos pequenos entre si, que dá segurança e suporte para que expressem suas emoções e saibam respeitar as do próximo. Obrigada prô, por ter escolhido ser um dos principais alicerces dos nossos filhos!
Poderia parar por aqui, mas há outros detalhes que eu gostaria que fossem conhecidos:

1) Uniforme foi feito para sujar. Vou ficar muito feliz ao ver a roupa deles com marcas de terra, areia ou barro. Melhor ainda se houverem uns picões, rs! Esse é um sinal de que estiveram entre aquilo que fazem parte, mas estão cada vez mais distanciados: a natureza. Não se preocupe, uso OMO e Vanish (Post não patrocinado, mas poderia!)

2) Crianças mordem e crianças são mordidas. Por mais que doa na alma quando nosso filho chega marcado, por vezes, ele também poderá ser o agressor. Sei que o cuidado será constante e agradeço antecipadamente por isso.

3) Lanche é bom, mas picnic melhor ainda!
Procuro mandar tudo sempre em quantidades maiores, para dividir com um amigo que sinta vontade, caso ele não tenha restrição alimentar. Quero ensina-los que, se não vivemos para servir, não servimos para viver. Isso se aplica tanto para recursos financeiros, tempo e atenção, como para fatias de bolo de cenoura.

4) Agora entendo que agenda é lugar de comunicação breve e objetiva. Se eu abusar das linhas e a professora responder com um ok, vou compreender (Repito, agora. No meu primeiro ano como mãe de aluno, não foi assim… Sorry, tia Day!). A atenção da professora deve ser para a criança o máximo possível! Não podemos transformar as agendas em diários de Anne Frank, pois elas não possuem tempo e nem são obrigadas a ler tantos relatos.

5) Sim, eu vou fuçar sua página pessoal da internet, desculpe a invasão!

6) Também vou intervir em sua vida de outras formas, como uma oração matinal. Vou pedir a Deus que abençoe seu dia, vou orar pela sua família, saúde e felicidade. O estado de paz reflete em todas as atividades que são feitas. E, mesmo que eu não tivesse um interesse pessoal em seu bem-estar, continuaria a te desejar tudo isso, pois imagino que lecionar seja uma tarefa nada fácil, mas aqueles sorrisos com dentes de leite certamente fazem tudo valer a pena.
Feliz ano letivo, professora! E obrigada por tudo!

first-day

January 30, 2017

GAELzices

dscf4629

Andou seguro só com 1 ano e 3 meses
Porem, com 1 ano, 3 meses e 1 dia, se considerou apto pra correr.

Numero de dentes:
15 meses: 8
18 meses: 12

Sabe onde fica seu nariz, língua, cabelo, pé, barriga, dentes e pipi.

Sempre acorda feliz!

dscf5007

Detesta ficar de tênis e meia, não dorme coberto nem a pau, Juvenal!

Quer comer tudo o que vê.

Esta monossilábico, seu vocabulário é composto basicamente por “Té” (quer) e isso serve para qualquer situação de sua pequena vida.

Também fala mamãe, papai, vovó, Teca, ága (H2o) e Lara.

Apesar de saber quem é quem, chama todo mundo de mamãe/papai.

Revida os golpes do irmão com beliscos e puxões.

dscf4664

Gosta de se molhar, afunda a cabeça na banheira com o primor de uma baleia do Sea World.

Adere a filosofia dos ursos: comer e hibernar.

Bebe mais água que a galera da ressaca.

Seu brinquedo preferido é bola, não pode ver uma e nem os meninos jogando na rua que quer estar no meio.

Gosta da galinha chatinha, do São Paulo e ama o Mickey.

Vive chupando o dedo e arrastando um paninho.
download

Se alguém soltar um pum barulhento perto dele, ele vai reproduzir o som com a boca sem nenhum pudor, rsrs.

É muuuito sentimental! Faz beiço, chora e fica muito chateado com qualquer voz acima do tom. #sensiveldemais #eleehumalguemquechora

dscf4857

Nunca mais teve crises respiratórias! Tks Lord!

Aponta o controle remoto, celular ou qualquer outro dispositivo com números para a TV na esperança de ligá-la.

Um dia, estávamos em uma estradinha esperando o transito fluir e tinha uns despachos na encruzilhada… Ele estava na cadeirinha dele chupando o dedo, viu aquelas velas acesas, tirou o dedinho da boca e começou a bater palmas como fazemos no parabéns pra você.

Dá beijo, abraços e faz carinho.

dscf4859

Eh super bebezão!

Foi à escola pela primeira vez!

dscf5021

Com a cara e a coragem, com malas viagens… Ele veio e nos ganhou!

Nosso amor caçula!!

January 18, 2017

Primeiro aninho do Gael – Retrospectiva

January 18, 2017

Bernardices

dscf4623

-Mãe, como chama esta maçã? (Pegando uma ameixa da fruteira)

-Mamãe, acho melhor a gente pegar um atalho. (Ao perceber que estávamos parados por mais tempo que de costume em uma rua que andamos sempre).

– Mamãe, vira nessa rua, agora, naquela. É por ali, mamãe (Crianças que usam transporte escolar conhecem o bairro melhor que você.)!

#aceitaquedoimenos

Chama o Gael de “tipititcho”

Trocou recentemente o mamãe, papai, vovó por mãe, pai, vo
#xatiada

-Mãe, vamos no shopping?
– A mamãe não tem dinheiro.
-Você não tem nenhum dinheiro?
– Não!

Pensou um pouco e respondeu:
– Precisamos comprar dinheiro pra você!
#capitalistaSelvagem

dscf4743

-Mãe, esse pneu ta “muchado”.

-“Delisguei” a TV!

-A Lara gosta de assistir “Chisquitita”

Na época que estava fanático por dinossauros e enquanto tomávamos banho, soltou:
-Mãe, cadê seu rabo?

Ainda no banho:
-Mãe, você não tem pipi?
-Não, filho, só meninos tem.
… (Pensativo)
-Nao fica triste Mãe, vamos comprar um pipi pra você no mercado.
(Tamy Gretchen feelings)

dscf4832

-Mãe, foi muito legal quando a tia Keila me levou no círculo (aquele lugar com lona e picadeiro…)!

-Mãe, esse chão “ta escorregadinho!”

Não posso ficar com e expressão mais seria que ele fala: – Mãe, fica feliz?

Toda manhã, eu ou o pai o vestimos com o uniforme. No dia deste ocorrido, era minha vez. Depois de ter vestido a camiseta da escola, calca da escola, ele decreta: -Quero usar a cueca da escola!
#IguaizinhosAteNosFundinhos

– Mãe, tem uma VESTA aqui (Aquele inseto também conhecido como maribondo)!

– Be, que cor são seus olhos?
– Verdes!
– E seu cabelo?
– “Lorio”

dscf4843

Tem uma certa dificuldade de pronunciar palavras com L no meio. No vocabulário dele, fica assim: Creusa, brusa, frauta…

-Mãe, chega de trabalhar! Você vai ficar em casa (decretou durante as minhas férias).
– Mas dai vai faltar dindin, Be… E o que eu vou fazer em casa?
– Ah, você pode lavar a louça! (Uau, heim?)

Costumo cantar uma parte da música e deixo o resto pra ele. Neste dia, eu cantei:
– Balança caixão, balança você, da um tapa no…
Ele:
– GAEL!
(Irmãozão, heim?)

Chama seus personagens de forma singular:

be-personagens

 

Meu lindo, amamos você!

#beautifulboy

3 anos e 3 meses

dscf4692

 

 

November 14, 2016

Gael – Primeiro aninho

Aprumo a máquina,

dou linha à pipa

e ela sobe alto

pela força do vento.

 

O vento é feliz

porque leva a pipa,

a pipa é feliz

porque tem o vento.

 

Se tudo correr bem,

pipa e vento,

num lindo momento,

vão chegar ao céu.

[A pipa e o vento – Cleonice Rainho]