Baby two, carta one.

IMG_1552[1]

Querido bebê,

Há 157 dias você mora no meu ventre. Te descobri em meados do natal passado, em um banheiro empresarial. Desculpe não ser muito glamouroso, mas geralmente os melhores momentos da vida são assim: simples, inesperados e no meio de uma terça-feira. Olhei para o exame e vi mais que duas listras rosadas em um visor com cheiro de xixi… Como uma viajante no tempo a perscrutar o futuro, primeiramente imaginei dois orçamentos, duas mensalidades escolares, despesas de fraldas e leite duplicadas, dois possíveis boletos do curso de inglês a pagar. Segundos depois, tive o vislumbre: duas crianças a correr pelo quintal, uma bola a ser chutada de um lado pro outro, a risada a achar graça do que caiu da árvore, indicadores a dedurar quem lambeu a cobertura do bolo, mãos dadas para atravessar a rua, abraços falsos determinados pela mãe depois de uma briga, abraços verdadeiros pela conquista da medalha da natação, por um retorno de viagem, pelo cachorro que morreu, pela partida dos pais… Ter irmão é um dos melhores presentes da vida e você e o Bernardo, em um futuro bem próximo, seriam esse presente um para o outro.

9 semanas

Naquela manhã, eu ajoelhei e agradeci à Deus pela sua vinda, pedi força e sabedoria para que eu e o papai lhe educássemos  no caminho do bem, saúde física e emocional para lhe ser um abrigo seguro durante 10 meses e um porto para o qual você pudesse sempre voltar. Neste dia, não consegui me concentrar em mais nada. Além do útero, sua existência já ocupara minha mente e coração.

13 semanas

A família que te espera dispensa apresentações, pois, agora que você escuta sons extra-uterinos, já deve estar se acostumando conosco. Esse tagarelinha que vive cantando e me chamando de fedida é seu irmão (espero que me arrume um apelido mais carinhoso!). Ele sabe que tem um neném na barriga e vive te beijando (as vezes é brutinho também, coisa de manos). Esse que você escuta mais à noitinha é o papai. Ele é maravilhoso e sei que vão se dar muito bem. Ele sentiu seus chutes e confessou já te amar. Isso que você passará um bom tempo achando ser uma extensão de si próprio, sou eu. Uma mamãe cheia de falhas mas que promete ser uma pessoa melhor a cada dia, por vocês.

Você tem duas vovós: uma artista, cheia de ideias, com uma casa que convida a brincadeiras, um repleto repertório musical e disposição pra inventar mil coisas que te façam feliz. A outra é cozinheira de mão cheia, cuidadosa e super protetora. Você está bem de avós! Seus vovos já estão no céu, infelizmente. Mas faremos questão de lhe contar coisas sobre eles. Você tem três titias incríveis, que certamente vai gostar muito! E os tios estão inclusos neste pacote, garantindo muita diversão. Seus primos, por enquanto são 3 meninas e 1 menino. Não quero imaginar quando estiverem todos juntos, acho que vou encomendar calmantes desde já. Além deles, há muitas outras pessoas queridas, amigos de perto, tias-avós e amigos virtuais-reais contentes com sua vinda.

16 semanas

Para que você soubesse que, mais valioso que seu gênero ou peculiaridades físicas o importante era que estava aqui, optei só saber seu sexo no momento do nascimento. Porém, a dificuldade em organizar suas coisinhas me levou a um plano B: descobrir se você é menino ou menina uns 2 meses antes do parto, em um chá de revelação, algo que está na modinha ultimamente. Mas, como nada acontece da forma que planejamos, esta semana eu não passei bem e fiz um ultrassom de emergência. Mesmo sem ser médica, consegui ver pela tela aquilo que já sentia desde o início: eu nasci pra ser mãe de meninos!

É você que está aqui, meu segundo menininho. Meu corpo se alarga pra te comportar e, em medidas muito maiores, nossos braços e coração se estendem pra você.

Existe uma música do Ivan Lins que eu conheci ano passado, quando soube da concepção, e que escolhi para ser nossa: “Vieste na hora exata com ares de festa e luas de prata...” Com você eu aprendi que não somos donos das horas e, muitas vezes, nem dos planos. Apesar de ter levado um susto, creio que o momento da sua existência foi planejado por Àquele que domina o tempo e as estações e, por isso sim, foi a hora exata. E ela continua:

“…Vieste a hora e a tempo
Soltando meus barcos e velas ao vento
Vieste me dando alento
Me olhando por dentro, velando por mim

Vieste de olhos fechados, num dia marcado
Sagrado pra mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens pra dentro de mim
Meu amor”

Obrigada querido, por já me fazer tão bem. Aproveite estes meses aí dentro, se desenvolva tranquilo e pode continuar com estes chutinhos que eu amo sentir. Logo logo nos conheceremos e será um dos melhores encontros da minha vida.

Com amor,

Mamãe.

IMG_1502

9 Comments to “Baby two, carta one.”

  1. Que cartinha de apresentacao mais linda querida mamãe, minha sobrinha linda! Quanto amor, quanta ternura.. que cartinha mais doce! Esse bebê, que agora ja sei que eh um menino (ah.. então somos mães de meninos?..rs), tem uma mamãe escritora, mas isso ele vai descobrir mais adiante. Linda a letra da música que escolheu para ser de vocês! Seja bem vindo nosso bebezinho two!!❤. E vc Ca, está linda na sua 2a. gravidez! Bjos.😉

  2. Camilla que cartinha mais linda! Fiquei emocionada com tanta simplicidade nas palavras!

  3. Apaixonei, lindo Camila, beijos e saudades, beijinhos no Bê e no bebezinho aí.

  4. Ví o dia que vc postou o texto e guardei aqui nos meus favoritos para quando pudesse ler. Lí hoje! E amei… fico imaginando quando eles puderem ler isso um dia. Um dia que eles tiverem 13 anos, naquela maravilhosa fase, e vcs discutirem, daí eles vem aqui… leêm um texto desse… e correm pra te abraçar chorando sem saber explicar o que estão sentindo. Parabéns Cá, sei que é uma mãe maravilhosa e vai se sair muito bem de novo por que vc sabe onde está firmada. Beijos! Beijos baby one e two! Ah, o nome do blog tá errado. rs Agora é de repente 4!😉

    • Obrigada, Lari lindona!!!
      Bem pensado: guardar estes textos para adolescência… Até para eu lembrar que os amo, rsrs. Adolescentes são paranóicos demais.
      Hum… Acho que vamos precisar ter mais um filho. Assim, não precisa mudar o nome do blog, kkk!
      Bjão!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: