No hospital. Again.

Bebê com menos de um ano. Duas internações.
A frase que informa e inicia este post é bem curta, diferente do sentimento de imprudência de quem vivência essa realidade. “O que estou fazendo de errado?” “Como evitar surpresas assim?” Estes são exemplos de questões que nos vem à mente mas a verdade é que, por mais que nos esforcemos pra que tudo ande nos eixos, não temos total controle sobre nada nesta vida.
Na segunda feira, o Gael estava bem cansado, febril e com chiadinho no peito. O Douglas o trouxe para o hospital (digo trouxe porque estou aqui agora) e só faltou sair com uma receita de bolo, de tão reconfortante que foi o diagnóstico: “o Gael está bem, peito limpo. Faça inalação com soro e volte se a febre persistir.” A febre persistiu! Na quinta-feira ele ficou bem mal e voltamos, eu e minha mãe, pois o DougLas estava na facul. Foram coletados alguns exames, momento que foi possível “dar nome aos bois”. O Gael estava com o vírus sincicial (VSR) que causa a bronquiolite, o mesmo que quase nos fez passar seu primeiro natal aqui. Por causa da necessidade de oxigênio, dentre outros cuidados, saberia que a internação seria pedida. E me preparei psicologicamente para todos os efeitos desta decisão. Me ausentar do Bernardo foi o pior deles… Que difícil quando temos dois pequenos dependentes de nós! E por algum motivo temos de nos doar menos para um a fim de suprir o outro.
Passamos duas noites e um dia no PS, pois não tinha vaga nos quartos. Tentamos transferência para outro hospital mas todos estavam lotados. O tempo frio judia das crianças e enche as enfermarias. Cada história que conhecemos aqui! De autores pequenos em tamanho e gigantes em superação.
Eu e o Douglas estamos nos revezando nos turnos. Minha mãe passou uma noite e a tia Ana e Bruno também vieram dar uma força. A Bia lavou e passou toda roupinha deles, a Guid ficou com o Be, e as duas vovós também. Colegas me ajudaram no trabalho pra que eu pudesse estar aqui e meus chefes foram mega compreensivos. Uma coisa que a maternidade me ensinou é que geramos e parimos sozinhas, mas é impossível criarmos nossos rebentos em carreira solo. E é à esse time de revezamento, digno de competir numa Rio 2016, que agradeço de coração! Minha gratidão também transborda para Deus, que nos fortalece em meio às lutas, traz paz aos nossos corações e frequentemente age a fim de provar a nossa fé e nos lembrar o que importa nesta vida.
Por enquanto é isso! Pequeno comigo se recuperando bem, irmão mais velho curtindo o papai e a certeza de que cada “leve e momentânea tribulação produz para nós um peso de glória mui excelente.”

Deixo um texto lindo de Khalil Gibran que li nesta semana.
Beijos e obrigada pelas orações de todos!
Os filhos
(Do Livro “O Profeta”)

Uma mulher que carregava o filho nos braços disse: “Fala-nos dos filhos.”
E ele falou:

Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável.

13076604_1449054118453636_2968278542966218173_n (1)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: